Volta a chover em Porto Alegre, e prefeitura interrompe resgate das vítimas

SÃO PAULO, SP, E PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) – O resgate das vítimas em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, foi interrompido no início da tarde desta quarta-feira (8) devido a volta da chuva e de ventos fortes na capital gaúcha.

De acordo com a prefeitura, há possibilidade de precipitação de até 15 milímetros e ventania de até 80 km/h, o que aumentam o risco de descargas elétricas.

Por isso, a movimentação de barcos com equipes de resgate nas áreas alagadas teve que ser suspenso.

Na manhã desta quarta-feira, o lago Guaíba baixou 20 centímetros desde a noite de terça e chegou a 5,08 metros de altura, às 11h. Apesar da redução, o nível das águas permanece acima da cota de inundação de 3 metros.

No sábado, o lago chegou a 5,30 metros, segundo informações do Ceic (Centro Integrado de Coordenação de Serviços).

Pelo Instagram, o prefeito de Rio Grande, Fábio Branco, fez um alerta para para as chuvas intensas na região durante a quarta-feira. “Isso dificulta o escoamento das águas”, informou. “Há um índice muito forte de chuva para as próximas horas e isso vai acelerar com a mudança do vento.”

CICLONE

A formação de uma frente fria entre o sul do Brasil, Uruguai e Argentina, associada a um ciclone extratropical que se organiza no mar entre a costa uruguaia e a província argentina de Buenos Aires, deverá ajudar levar mais chuva ao Rio Grande do Sul. O alerta foi feito pela Climatempo.

Mesmo não passando pelo estado, diz a agência, esse ciclone extratropical poderá provocar rajadas de vento de até 100 km/h em várias regiões do território gaúcho.

O Rio Grande do Sul sofre desde a semana passada com tempestades que afetaram até esta terça-feira (7) mais de 400 municípios e provocaram a morte de quase 100 pessoas no estado desde a semana passada.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu nesta terça-feira (7) aviso para chuva no Rio Grande do Sul na quarta. A faixa inclui a capital Porto Alegre.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.