Vídeo mostra piloto em pouso de emergência após ‘cabine’ abrir durante voo

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A piloto acrobática holandesa Narine Melkumjan precisou fazer um pouso de emergência após a cabine de seu avião abrir durante um voo de treinamento. Em publicação nas redes sociais, ela compartilhou um vídeo do momento e definiu a experiência como “desafiadora”.

Piloto atribuiu problema à falta de checagem adequada. “O pino de travamento da cabine não havia sido encaixado na posição correta, e eu não notei durante minhas verificações”, explicou. O caso aconteceu “há alguns anos”, segundo a holandesa, mas o vídeo foi compartilhado no último dia 21 de junho. O avião era um Extra 330LX.

Voo foi uma experiência ‘angustiante’, descreveu Narine. A piloto também relatou ter tudo dificuldade para respirar e enxergar. “Levei quase 28 horas para recuperar completamente minha visão”, lembrou. “A parte mais difícil foi provavelmente manter a potência, sacrificando minha visão e minha respiração pela energia cinética”.

Barulho impedia piloto de ouvir o que seu treinador dizia no rádio. A única coisa que escutou com clareza, contou Narine, foi: “Apenas continue voando”. “Espero que minha história sirva como alerta e que você aprenda com os meus erros”, disse, se dirigindo a outros colegas pilotos.

Holandesa ainda lamentou ter demorado a falar sobre o caso. “Não é fácil expor minhas vulnerabilidades para o mundo ver. Mas percebi como é importante ser transparente sobre nossas falhas e as lições que aprendemos ao longo do caminho”, concluiu.

“Também cometi o erro de ir para o campo de treinamento logo após me recuperar da covid-19, sem dar tempo suficiente para meu corpo recobrar completamente a força. Além disso, voar sem proteção nos olhos tornou o voo ainda mais desafiador do que já estava. (…) A todos os meus companheiros pilotos por aí: voem com segurança”, disse Narine Melkumjan, piloto acrobática.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.