Veja como está cada linha do metrô e da CPTM durante a greve desta terça

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Uma greve, iniciada à meia-noite desta terça-feira (28), paralisa parcialmente o transporte público sobre trilhos na cidade de São Paulo.

A paralisação unificada atinge linhas do metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

A greve contra os planos de privatização do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) e contra cortes na educação também foi convocada por servidores públicos estaduais da Sabesp (Companhia de Saneamento do Estado), do ensino público e da Fundação Casa.

Os ônibus municipais e intermunicipais circulam normalmente. As linhas metropolitanas gerenciadas pela EMTU funcionarão ao longo do dia com reforço na quantidade de veículos e aumento de partidas. As linhas terão seus pontos finais alterados para que os passageiros sigam até as estações que podem estar funcionando, ou até a conexão com as linhas da SPTrans.

Na Sabesp, segundo o governo estadual, todos os sistemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos seguem operando regularmente.

A Justiça do Trabalho determinou que funcionários do Metrô trabalhem com 80% da capacidade total nos horários de pico desta terça.

O sindicato da categoria, porém, disse que não vai seguir a determinação da Justiça e que a paralisação está mantida.

A multa de descumprimento da decisão é de R$ 700 mil.

No Metrô, o horário de pico é das 6h às 9h e das 16h às 19h. Para os demais horários, o efetivo mínimo deve ser de 60%, diz a decisão.

Em uma decisão separada, o desembargador Fernando Alvaro Pinheiro determinou que trabalhadores das linhas da CPTM garantam 85% de seu contingente nos horários de pico e 60% no restante da grade.

Para a CPTM, porém, os horários considerados como pico são diferentes: das 4h às 10h no período da manhã, e das 16h às 21h entre a tarde e a noite. A multa caso os ferroviários descumpram a ordem é de R$ 600 mil.

Por causa da greve, o rodízio de veículos foi suspenso na cidade de São Paulo nesta terça e a SPTrans, estatal que administra o transporte público municipal, promete colocar 100% da frota de ônibus nas ruas, inclusive fora dos horários de pico.

VEJA COMO ESTÁ A OPERAÇÃO DE CADA LINHA

CPTM

7-rubi – Operação parcial (de Luz a Caieiras, com intervalo de 8 minutos) 10-turquesa – Paralisada

11-coral – Operação parcial (de Luz a Guaianases, com internalo de 6 minutos) 12-safira – Operação normal (intervalo de 8 minutos) 13-jade – Operação normal (intervalo de 30 minutos) Metrô

1-azul – Operação parcial (de Tiradentes a Ana Rosa) 2-verde – Operação parcial (de Alto do Ipiranga a Clinicas) 3-vermelha – Operação parcial (do Bresser a Santa Cecília) 4-amarela – Operação normal 5-lilás – Operação normal 15-prata – Paralisada ViaMobilidade

8-diamante – Operação normal 9-esmeralda – Operação normal As integrações estão abertas e funcionando nas estações que estão funcionando.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Pinterest
Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.