Vasco vence Grêmio em jogo com Kannemann nocauteado e homenagem a Dinamite

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL-FOLHAPRESS) – O Vasco começou o Brasileiro com uma vitória sobre o Grêmio por 2 a 1, neste domingo (14), em São Januário. A partida marcou uma série de homenagens a Roberto Dinamite e também estreou algumas inovações no regulamento do campeonato.

Os gols do Vasco saíram ainda no primeiro tempo, com dois belos chutes de David e Matheus Carvalho. No segundo tempo, Gustavo Martins descontou para o Grêmio.

O jogo teve a primeira substituição dentro do protocolo de concussão do Brasileirão: o zagueiro Kanneman sofreu um choque na cabeça, não teve condição de continuar e o Grêmio teve direito a acionar o gatilho para que o jogo tivesse seis alterações.

O Grêmio reclamou muito de um pênalti não dado pelo árbitro Flávio Rodrigues de Souza, que identificou “mão não intencional de Lucas Piton” em uma jogada na área. A decisão foi anunciada para todo o estádio ouvir.

Nas homenagens a Roberto Dinamite, o Vasco estreou o novo uniforme, com a frase “Valeu, Roberto”. A torcida também abriu dois bandeirões em homenagem ao ídolo, que morreu no ano passado e completaria 70 anos no sábado (13).

Na próxima rodada, o Vasco visita o Red Bull Bragantino, enquanto o Grêmio recebe o Athletico-PR. Ambos os jogos são às 19h de quarta-feira (17).

VASCO

Léo Jardim, Paulo Henrique (Robert Rojas), Medel (João Victor), Léo e Lucas Piton; Matheus Carvalho, Galdames (JP) e Szforza; Rossi (Rayan), David (Adson) e Vegetti. T.: Ramón Díaz.

GRÊMIO

Marchesín, João Pedro, Rodrigo Ely, Kannemann (Gustavo Martins) e Cuiabano (Zé Guilherme); Villasanti, Du Queiroz e Cristaldo; Pavón (Nathan Fernandes), Soteldo (Gustavo Nunes) e Diego Costa (JP Galvão). T.: Renato Gaúcho

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (Fifa-SP) e Daniel Luís Marques (SP)

VAR: Daiane Muniz (Fifa-SP)

Cartões amarelos: Sforza, Rossi, João Victor (VAS)

Gols: David, aos 24’/1ºT (1-0), Matheus Carvalho, 36’/1ºT (2-0); Gustavo Martins, aos 22’/2ºT (2-1)

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.