quinta-feira, 11 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

‘Agente Oculto’ é aposta bilionária da Netflix

Agente Oculto, estreia desta sexta, 22, na Netflix, é a nova superprodução do serviço de streaming, com orçamento polpudo, de mais de US$ 200 milhões, elenco estelar com Ryan Gosling, Chris Evans, Ana de Armas, Billy Bob Thornton, Regé-Jean Page, além do brasileiro Wagner Moura, e direção dos irmãos Russo, conhecidos por fazer quatro filmes da Marvel, incluindo Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. Só uma das sequências de ação, rodada em Praga, custou cerca de US$ 40 milhões e levou um mês para ser produzida.

O longa também marca a estreia de Ryan Gosling nos filmes de ação. “Tive de treinar muito”, disse o ator, que interpreta Sierra Six, um assassino treinado pela CIA para ser invisível, em entrevista coletiva virtual. “Também tive ajuda de um consultor chamado Chili Palmer, que me deu dicas como sempre ter um saco de balas e amarrar o cadarço na porta ao dormir, porque você vai saber se alguém tentar entrar.”

No filme baseado no livro de Mark Greaney, Gosling é um jovem recrutado na prisão por Donald Fitzroy (Billy Bob Thornton) para virar um agente oculto do programa Sierra, da CIA. Mas agora o programa está em baixa na agência, e Denny Carmichael (Regé-Jean Page) vai fazer de tudo para eliminar Six, enviando o assassino mercenário Lloyd Hansen (Chris Evans). “Interpretar um vilão é sempre um pouco mais divertido”, contou Evans, que fez o Capitão América por vários anos, na coletiva de imprensa. “Trabalhar com os Russo me dá uma sensação de liberdade e confiança, o que faz com que me arrisque mais.”

SALTO ALTO

Six terá ajuda da agente Dani Miranda (Ana de Armas), mas vai ter também de tentar salvar Claire (Julia Butters), a sobrinha de Donald, que foi sequestrada. “Acho muito legal apresentar mulheres em filmes de ação que não estejam usando saltos altos enquanto lutam com os caras”, afirmou Butters, que tem 13 anos. “É importante mostrá-las com respeito e poder ao mesmo tempo.” Ana de Armas, bem-humorada, lembrou que já fez isso – lutar de saltos altos – no filme de James Bond 007 – Sem Tempo para Morrer. Mas concordou com Butters. “É bacana mostrar o poder feminino de maneira diferente.”

Wagner Moura interpreta Lazlo Sosa, um falsificador de documentos que tem um papel pequeno, mas importante. “Qualquer coisa que eu pudesse jogar em Ryan, ele estava pegando e devolvendo”, ressaltou Moura em entrevista. “Esse é o tipo de coisa que você sente quando assiste a um filme, a eletricidade entre os atores. É como se estivéssemos em um jogo intenso de vôlei.”

A ideia dos irmãos Russo é que Agente Oculto seja uma produção de espionagem para os dias de hoje. “Bond tem mais de 60 anos, e Bourne, uns 20. Este longa está conectado com assuntos que acontecem agora no mundo.” E, quem sabe, que inaugure uma série de filmes tão bem-sucedida quanto as de James Bond e Jason Bourne.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mariane Morisawa, especial para o Estadão
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas