segunda-feira, 8 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Membro da equipe de série ‘Law & Order’ é morto durante filmagens em Nova York

Um membro da equipe da série de televisão “Law & Order: Organized Crime” foi fatalmente baleado na terça-feira, 19, em um local de filmagem no Brooklyn, deixando os policiais da vida real de Nova York investigar uma cena de crime no cenário de um programa centrado em representações fictícias de seu departamento.

A polícia identificou a vítima como Johnny Pizarro, 31 anos, do Queens. Ele trabalhava como assistente de produção de estacionamentos (responsável por manter o local livre para que os carros da produção possam estacionar). De acordo com a polícia, ele estava sentado em seu carro por volta das 5h15 da manhã de terça-feira quando alguém se aproximou, abriu a porta e atirou no pescoço e na cabeça dele.

Pizarro foi levado para o Hospital Woodhull no Brooklyn, onde foi declarado morto por volta das 6h, disse a polícia, acrescentando que nenhuma prisão havia sido feita até o final da terça-feira. A delegacia ao redor tem uma das mais baixas taxas de homicídio da cidade de Nova York, de acordo com dados da polícia de janeiro de 2021 a maio de 2022.

“Law & Order: Organized Crime” é uma série estrelada por Christopher Meloni como Elliot Stabler, um detetive fictício da Polícia de Nova York. Sua terceira temporada estreia em setembro.

A NBC e a Universal Television fizeram uma declaração conjunta: “ficamos terrivelmente tristes e chocados ao saber que um de nossos colaboradores foi vítima de um crime esta manhã e morreu. Estamos trabalhando com a polícia local enquanto eles continuam a investigar”.

Embora não estivesse claro se o assassinato estava relacionado ao papel de Pizarro no programa ou se o agressor o conhecia, foi a mais recente morte de alto nível em um set de filmagens desde que Halyna Hutchins, uma cineasta, foi morta no set do filme ocidental Rust no ano passado.

Naquele episódio, que deixou outro membro da equipe ferido, uma arma foi disparada com munição real, ao invés de uma bala de mentira, pelo ator Alec Baldwin, que negou ter puxado o gatilho. Em março passado, seus advogados argumentaram que ele deveria ser protegido da responsabilidade financeira no tiroteio. (Com agências internacionais).

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas