sexta-feira, 19 agosto, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Criadora de ‘Friends’ doa US$ 4 mi após assumir falta de diversidade na série

Marta Kauffman, uma das criadoras de Friends, admitiu erro pela falta de diversidade e representatividade da trama que foi ao ar entre 1994 e 2004. Ela ainda pediu desculpas e anunciou a doação de US$ 4 milhões (cerca R$ 20 milhões na cotação atual) para o Departamento de Estudos Afro-Americanos da Brandeis University.

Em entrevista ao Los Angeles Times, Marta destacou que aprendeu muito nas duas últimas décadas e contou que “aceitar e assumir a culpa não é fácil”, mas sim algo “doloroso de se encarar no espelho”.

Ela afirmou que atualmente fica “constrangida por não ter sido mais sábia há 25 anos”, mas concluiu que “precisava agir” depois de compreender como acabou “internalizando o racismo sistêmico”.

“Tenho trabalhado pesado para me tornar uma aliada, uma anti-racista. E essa me pareceu a melhor forma de participar das conversas sendo uma mulher branca”, declarou sobre a doação milionária.

Em 2021, ao falar sobre a falta de representatividade em Friends, Marta Kauffman atribuiu a ausência de personagens negros devido ao fato de a trama ser “um produto de seu tempo”, mas, também à sua “própria ignorância”.

Com 10 temporadas, a série tinha como protagonistas Jennifer Aniston, Courtney Cox, Matthew Perry, David Schwimmer, Lisa Kudrow e Matt LeBlanc. A produção mostra a rotina de seis amigos brancos e heterossexuais que moram em Nova York.

Friends se popularizou como uma das produções mais aclamados da história da TV, tendo sucesso de audiência ainda hoje.

Redação, O Estado de S. Paulo
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas