Lives foram vistas por 85 milhões de brasileiros, indica Google - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Variedades
Lives foram vistas por 85 milhões de brasileiros, indica Google
Publicado por Estadão Conteúdo

Um levantamento realizado pelo Google, responsável pela plataforma de vídeos YouTube, revelou que as lives musicais já foram assistidas por mais de 85 milhões de pessoas no Brasil. O formato fez sucesso em meio à pandemia do novo coronavírus, com cantores brasileiros dominando o ranking de transmissões mais assistidas.

Das dez lives musicais mais vistas no YouTube, oito são de cantores brasileiros. Até agora a transmissão mais vista da plataforma é a da sertaneja Marília Mendonça, que atingiu 3.3 milhões de visualizações simultâneas.

A empresa chegou aos números a partir de uma pesquisa online com 1.007 entrevistados entre 18 e 54 anos, realizada em junho de 2020 para entender como as lives têm sido consumidas. Dos entrevistados, 71% disseram ter assistido a pelo menos uma live, 38% disseram ter visto seis ou mais delas e 24% viram mais de dez.

O cálculo do Google considerou que a população digital, ou seja, com acesso à internet, no Brasil é de 120 milhões, e portanto 71% dela resultaria em mais de 85 milhões.

Apesar do crescimento das lives, que existem no YouTube desde 2011, mas ficavam concentradas principalmente em canais de games e esportes, uma parte do público consultado também expressa um desejo por inovações. A pesquisa apontou que 22% dos entrevistados querem inovações de formato e conteúdo para continuar a assistir.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.