Tatá Werneck conta que pensa em ter outro filho: 'quero adotar' - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Variedades
Tatá Werneck conta que pensa em ter outro filho: 'quero adotar'
Publicado por Estadão Conteúdo

A atriz Tatá Werneck participou de uma entrevista no canal do YouTube de Thais Fersoza na quarta-feira, 1º, e revelou que tem vontade de ter outro filho. Atualmente em um relacionamento com o ator Rafael Vitti, os dois são pais de Clara Maria, que nasceu em outubro de 2019.

Thais perguntou para Tatá sobre as dificuldades da gravidez e se elas fizeram com que a atriz perdesse a vontade de ter outros filhos, mas Tatá negou. "Eu quero ter outro filho. Porque… eu não sei nem se biológico, eu sei que quero adotar também, quero ter outro filho, quero ser mãe novamente", comentou Tatá, ressaltando que o amor pela criança compensa qualquer dificuldade na gravidez.

A atriz comentou sobre os efeitos da pandemia do novo coronavírus nos meses seguintes ao parto: "eu fiquei bem doida mesmo, foi difícil porque eu não achei que ia ter depressão pós-parto. Nem sei se tive, porque eu não tive tempo de ir a médico, nada, porque estou na quarentena, mas fiquei com muito medo depois que ela nasceu".

Tatá comentou que ficou "super protetora", algo reforçado por causa da pandemia, e que o apoio de Rafael Vitti foi essencial para acalmá-la. "Rafa é uma pessoa muito companheira, parceira. Se ele não tivesse me ajudando eu nem sei, porque ele é muito tranquilo.", contou a atriz.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.