Pela 1ª vez, concurso de Miss Universo tem candidata assumidamente lésbica - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Variedades
Pela 1ª vez, concurso de Miss Universo tem candidata assumidamente lésbica
Publicado por Estadão Conteúdo

Swe Zin Htet, candidata por Mianmar ao Miss Universo 2019, foi a primeira concorrente na história do concurso a assumir a homossexualidade. A declaração foi dada dias antes da final para a revista People. "Quando eu digo que sou lésbica, terei um grande impacto na comunidade LGBTQI+ no meu país", disse.

Htet também desabafou sobre preconceito: "a dificuldade é que lá (Mianmar) as pessoas não são aceitas. Elas são alvo de preconceitos de outras e são discriminadas".

Quem venceu o concurso de Miss Universo 2019 neste domingo, 8, foi a candidata pela África do Sul, Zozibini Tunzi. Swe Htet tem 21 anos e disse que a decisão de tornar pública a orientação sexual também é um divisor de águas em sua história. "É como se eu tivesse iniciando um novo capítulo da minha vida", afirmou.

A candidata por Mianmar disse que descobriu seu interesse por mulheres ainda na adolescência, aproximadamente com 15 anos de idade. "No começo foi difícil, mas depois de um período eu soube que era lésbica e me aceitei assim", relembrou.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.