Foliões acompanham bonecos gigantes pelas ruas de Olinda - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Variedades
Foliões acompanham bonecos gigantes pelas ruas de Olinda
Conteúdo editorial fornecido por Folhapress
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As ruas de Olinda foram tomadas por 80 bonecos gigantes nesta terça-feira (13) de Carnaval.

O percurso dos bonecos seguido por uma massa de foliões começou na rua Nossa Senhora do Guadalupe, seguiu pela rua do Amparo, Quatro Cantos e terminou em frente à Prefeitura de Olinda.

Neste ano, a novidade que chamou a atenção nas redes sociais foi o boneco da cantora Ivete Sangalo grávida. Outras novidades foram o personagem National Kid, da série homônima japonesa, e o juiz federal Marcelo Bretas.

O técnico da seleção brasileira, Tite, também foi homenageado, assim como Chacrinha, Elke Maravilha, Luiz Gonzaga e o escritor Ariano Suassuna.

O primeiro boneco foi às ruas em Belém de São Francisco, no sertão de Pernambuco, em 1919.

Em Olinda, a tradição dos gigantes chegou em 1932, com a criação do boneco do Homem da Meia-Noite, confeccionado pelas mãos dos artistas plásticos Anacleto e Bernardino da Silva.

Atualmente, Silvio Botelho é o responsável pela confecção da maioria dos bonecos que desfilaram em Olinda.

Com o passar do tempo, os modelos foram sendo aperfeiçoados. "Eles eram muito rudimentares. Hoje eu consigo fazer um boneco com 13 kg em três semanas, com materiais como fibra, papel, isopor e vime", disse.