Vandinho quer ressarcimento por falhas em sinal de celular

Vandinho quer que concessionária informe consumidor sobre direito a ressarcimento. Foto: Ellen Campanharo/Ales

Para garantir aos consumidores do Espírito Santo o direito ao ressarcimento por interrupções nos serviços de telefonia móvel, o deputado Vandinho Leite (PSDB) apresentou, na Assembleia Legislativa (Ales), o Projeto de Lei (PL) 289/2024. A proposta obriga as concessionárias de telefonia móvel que atuam no Estado a restituir valor aos usuários pelos dias em que os serviços forem interrompidos total ou parcialmente, devido a falhas na prestação dos serviços.

De acordo com o projeto, o ressarcimento deverá ser concedido na forma de desconto proporcional ao período de interrupção e aplicado diretamente na fatura seguinte ou mediante crédito em conta pré-paga. Além disso, o projeto garante aos consumidores o direito de solicitar a devolução retroativa para interrupção dos serviços ocorrida nos últimos 12 meses.

Alinhado ao princípio da transparência e da informação estabelecido no artigo 6º do Código de Defesa do Consumidor, o projeto obriga as concessionárias a informar claramente aos consumidores sobre seus direitos de ressarcimento, incluindo procedimentos para solicitar e obter o benefício. As faturas e extratos de cobrança devem apresentar, de forma transparente, os valores descontados ou creditados devido a interrupções nos serviços, garantindo a prestação de contas aos consumidores.

A fiscalização do cumprimento das medidas ficará a cargo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e dos órgãos estaduais e municipais de defesa do consumidor no Espírito Santo.

Na justificativa do projeto, o deputado afirma que a iniciativa busca não apenas proteger os direitos dos consumidores, mas também promover a transparência nas relações de consumo e assegurar uma prestação de serviços de telefonia móvel mais justa e equitativa.

“Ao estabelecer a obrigação das concessionárias de informar claramente aos consumidores sobre seus direitos de ressarcimento por interrupções nos serviços, a presente lei busca garantir que os consumidores estejam devidamente cientes de seus direitos e possam exercê-los de forma eficaz”, defende Vandinho.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.