‘Tristeza, somos família e todos são sobrinhos’, diz fundador do Molejo sobre briga com filhos de Anderson

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Um mês e meio após a morte de Anderson Leonardo, os filhos do sambistas do Molejo travam uma batalha com os integrantes remanescentes do grupo.

Leo Bradock, filho do ex-vocalista do grupo, foi indicado para assumir o posto do pai na banda. Os outros músicos, porém, são contra a entrada do rapaz.

Um dos fundadores da banda, Andrezinho, está decepcionado com a confusão: “Tristeza. Somos família e todos são sobrinhos”, falou, à Folha de S.Paulo, nesta quarta-feira (12).

“Essa questão com os nossos advogados e eles vão resolver. Dá muita tristeza pelo trabalho. Mas a vida continua”, disse o músico.

Com o direito da marca Molejo, que foi registrada por Anderson Leonardo, os filhos do sambistas proibiram os integrantes atuais de continuarem usando o nome do grupo nas apresentações. Os herdeiros também mudaram o escritório que gerencia os direitos da banda.

Compartilhe: