‘Taylor Swift vs Scooter Braun’, série documental sobre disputa, chega em junho no Max

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A série documental “Taylor Swift vs Scooter Braun: Bad Blood”, já tem data de estreia na Max: 21 de junho. Em dois episódios de 60 minutos, a disputa milionária entre a cantora e o empresário deve ser explorada detalhadamente, expondo os dois lados da briga.

A disputa é bem conhecida pelos fãs da cantora e envolve a compra dos direitos autorais dos primeiros seis álbuns da cantora pelo seu ex-empresário em junho de 2019 e venda deles para outra produtora. Desde então, Taylor vem regravando todas as músicas que deixaram de ser sua propriedade intelectual.

A série vai trazer a perspectiva daqueles a favor de Taylor, que defendem que ela foi repetidamente traída e sufocada por homens no poder, mas que se levanta em prol da arte e do que é correto. No segundo episódio, o outro lado se defende.

A oposição a Taylor explica que foi oferecido a ela a oportunidade de comprar os direitos de suas músicas, mas que ela recusou. Especialistas da indústria questionam se, em vez disso, Taylor é uma mulher de negócios manipuladora, que distorceu os fatos e utilizou sua enorme base de fãs contra Scooter Braun e sua família.

A série vai contar com a participação de especialistas jurídicos, jornalistas e pessoas próximas a Swift e Braun e chega em 21 de junho ao streaming Max.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.