Tarcísio diz que Lula está ‘viajando’ ao citá-lo como adversário em 2026

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), afirmou nesta quarta-feira (19) que o presidente Lula (PT) está “viajando” ao citá-lo como adversário em 2026.

A fala aconteceu após críticas de Lula ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, em entrevista à CBN, por ter se encontrado com Tarcísio.

O governador foi questionado sobre o assunto e afirmou que “pode citar à vontade”, mas desconversou sobre as próximas eleições presidenciais.

Na entrevista à CBN, Lula afirmou que Tarcísio fez uma festa em homenagem a Campos Neto. Tarcísio afirmou na entrevista que foi ao ato, proposto por um deputado estadual ao presidente do Banco Central, por ser amigo dele.

“Eu fui lá prestigiar, porque entendi que era importante. Primeiro, que eu tenho amizade. É um cara que eu admiro muito. É um cara extremamente preparado. Para mim, foi uma figura importantíssima em momentos complicado da nossa história”, disse.

Lula tratou o governador de São Paulo como potencial adversário nas próximas eleições nacionais pela primeira vez e disse que Tarcísio tem mais influência sobre Campos Neto do que ele, em entrevista à rádio CBN na terça (18).

Campos Neto foi indicado para o cargo ainda no governo Jair Bolsonaro, de quem Tarcísio foi ministro, e seu mandato terminará no fim deste ano.

Na avaliação de pessoas próximas do governador, o petista quer tirar o foco da condução da política econômica diante da pressão que tem sofrido com a deterioração das expectativas de inflação, a depreciação do real frente ao dólar e a percepção de maior risco fiscal.

A expectativa é que Copom, do Banco Central, decida, por unanimidade, nesta quarta, manter a taxa no atual nível de 10,50% ao ano.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.