PF conclui que Google e Telegram agiram de modo abusivo contra PL das Fake News

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – A Polícia Federal concluiu que a atuação do Google e do Telegram contra o PL das Fake News configurou “abuso de poder econômico, manipulação de informações” e uma possível violação contra a ordem de consumo.

A informação está em ofício enviado ao STF (Supremo Tribunal