terça-feira, 28 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Moeda social incentiva proteção dos oceanos limpeza de praias

O Instituto Route Brasil, ONG com a missão de ser uma rota de engajamento para neutralizar o impacto do consumo na natureza se uniu ao Surfguru, maior portal de previsão de ondas, ventos e maré do Brasil, para executar a missão inédita de criar a primeira moeda social para limpeza de praias e proteção dos oceanos no país – o projeto Surflimpo.

A criação e desenho da moeda está sendo feita através das ferramentas e metodologia da Cambiatus, que é uma plataforma de código aberto que facilita a criação de Moedas Sociais e Negócios Colaborativos usando tecnologia blockchain. O lançamento da comunidade e dessa nova moeda complementar está previsto para acontecer nos próximos 90 dias.

O sócio do Surfguru e construtor de comunidades na Cambiatus, Luiz Hadad, explica que o Projeto Surflimpotem o objetivo de cuidar dos oceanos incentivando ações de limpeza de praia (já praticadas pela Route e pelo Surfguru), levando educação e conscientização socioambiental e usando o surf como ferramenta de transformação e inclusão social.

“Uma das várias atividades do projeto Surflimpo inclui a criação da própria comunidade Surflimpo na plataforma da Cambiatus e sua moeda complementar, que será chamada DROP.

Os membros da comunidade poderão ganhar DROPs de acordo com a participação, energia e tempo gastos em atividades variadas que estão sendo planejadas pela equipe do Projeto Surflimpo, como por exemplo: limpeza de praias, instalação e manejo de ecobarreiras, facilitação de palestras e rodas de conversa, oficinas de reciclagem, triagem de resíduos, entre várias outras”.

Ao ganharem a moeda, as pessoas que fizerem parte da comunidade Surflimpo poderão usá-la para adquirir bens e produtos diversos dentro da comunidade, como assinaturas do Surfguru, produtos da Route e de pessoas e projetos parceiros.

Na Cambiatus, o processo de construção de uma comunidade é constituído de três passos básicos: a mudança de mentalidade, em que são apresentadas ideias básicas relacionadas a dinheiro, moedas complementares e blockchain.

O segundo passo que é o processo de co-desenho da moeda complementar em que a comunidade discute o contexto em que vive e, guiada pela identificação dos seus propósitos, define ações e recompensas.  E por fim, o último passo que é a implementação do co-desenho da moeda e criação da comunidade no webapp da Cambiatus, onde os acordos firmados na etapa anterior são integrados e os membros da comunidade são capazes de reivindicar DROPS e trocá-lospor produtos e serviços.

“Por meio dessa iniciativa, esperamos impactar todos os amantes da natureza e dos oceanos,  voluntários e pequenas e grandes empresas que também querem fazer a diferença para termos uma praia melhor, um mar melhor, para o futuro dos oceanos, para saúde do planeta e, consequentemente, para a nossa saúde também”, ressalta. Luiz, que adianta que quem quiser apoiar o projeto  pode enviar um e-mail para surflimpo@surfguru.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas