ONU investirá mais de $ 4.800 milhões em preservação da Bacia da Lagoa Mirim - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
ONU investirá mais de $ 4.800 milhões em preservação da Bacia da Lagoa Mirim
Com mais de 3.700 km2 de área, bacia é o 2º maior lago da América do Sul
Publicado por Redação VitóriaNews/ABr
Celso Lobo/ONU

A Bacia da Lagoa Mirim, localizada na região de fronteira entre o Brasil e o Uruguai, vai contar com recursos da Organização das Nações Unidas, a ONU, para preservação de seu ecossistema.

Os recursos virão do Fundo Global para o Meio Ambiente. Serão destinados quatro milhões e oitocentos mil dólares para a iniciativa, o que representa mais de 25 milhões de reais. 

Sérgio Costa, secretário nacional de Segurança Hídrica do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, explica a importância desse projeto para a preservação ambiental da região.

"Esses investimentos são extremamente importantes, porque vão trazer maior desenvolvimento e o melhor uso dessas águas, tanto para o Brasil quanto para nosso vizinho Uruguai"

Com mais de 3.700 quilômetros quadrados de área, a Bacia da Lagoa Mirim é o segundo maior lago da América do Sul. A extensão e qualidade de suas águas favorecem usos múltiplos, como atividades agrícolas, florestais, pecuárias, pesqueiras, aquícolas, turísticas e de abastecimento de água, entre outras.

 

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas