Fiscalização apreende redes e tarrafas irregulares em áreas de proteção ambiental - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
Fiscalização apreende redes e tarrafas irregulares em áreas de proteção ambiental
Publicado por Redação VitóriaNews
Reprodução PMV

Fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) e policiais militares do Batalhão Ambiental apreenderam 800m de redes e quatro tarrafas em ação realizada no domingo (12). A operação náutica resultou ainda em três autos de infração.

"As tarrafas estavam com malha abaixo do limite mínimo permitido por lei, que é de 70mm. Além disso, os pescadores não apresentaram as carteiras profissionais para pesca, necessárias para a prática com tarrafa", explicou a gerente de Fiscalização da Semmam, Priscila Ligia Alvarino.

O secretário de Meio Ambiente de Vitória, Ademir Barbosa Filho, ressaltou que a multa para quem for flagrado pescando com qualquer tipo de rede em áreas ambientais proibidas varia de R$ 700 a R$ 100 mil. Além disso, o responsável poderá responder processo por crime ambiental, segundo a Lei 9.077/17.

Foram apreendidas duas tarrafas na Baía das Tartarugas e outras duas na Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão; duas redes de espera, de 300m e 500m, no canal principal da Baía de Vitória, nas proximidades da Ilha das Caieiras; e expedidos três autos de apreensão e seis autos de infração.

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas