Escolas estaduais do Espírito Santo recebem painéis fotovoltaicos - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
Escolas estaduais do Espírito Santo recebem painéis fotovoltaicos
Publicado por Redação VitóriaNews
Reprodução Sedu

Mais quatro escolas da rede pública estadual do Espírito Santo vão receber a instalação de painéis fotovoltaicos. O objetivo é reduzir parte do consumo de energia elétrica e fazer o uso pedagógico dessa geração. Serão contempladas a EEEFM Bernardo Horta, em Irupi; a EEEM Prof. Agenor Roris, em Vila Velha; a EEEF Graúna, em Itapemirim; e a EEEFM Lyra Ribeiro Santos, em Guarapari.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, a ação faz parte de um convênio celebrado entre EDP, Secretaria da Educação (Sedu) e a Agência de Regulação dos Serviços Públicos (ARSP) para execução do Projeto “Boa Energia nas Escolas”, visando à implantação do projeto educacional e a geração fotovoltaica.

Segundo o secretário, a instalação de energia solar nas escolas traz grandes benefícios à educação. “Mais do que a economia pela redução das despesas de conta de luz, a instalação de painéis fotovoltaicos representa uma oportunidade para que os alunos conheçam de perto o funcionamento de uma fonte moderna, limpa e renovável”, disse.

Os equipamentos são adquiridos e instalados pela EDP e doados à Sedu, que providencia a entrega nas unidades escolares. Desde o início do convênio, 90 escolas estaduais já foram contempladas. Os painéis já entregues possuem 11 placas.

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas