60 pássaros silvestres são resgatados de cativeiro irregular em Vila Velha - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
60 pássaros silvestres são resgatados de cativeiro irregular em Vila Velha
Publicado por Redação VitóriaNews
Reprodução PMVV
Ao todo, 60 pássaros silvestres foram resgatados de um cativeiro irregular no bairro Garoto, em Vila Velha. Os animais foram encontrados após fiscalização efetuada pelo Grupamento Ambiental da Guarda Municipal em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vila Velha (Semma).
 
Dentre os pássaros: coleiros, sabiás e canários da terra. Foi lavrado o boletim de ocorrência no DPJ e, posteriormente, as avés foram encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais Marinhos do Espírito Santo. Aqueles que estavam em posse dos animais deixaram o local com a chegada da fiscalização, abandonando as gaiolas.
 
O subinspetor do Grupamento Ambiental, Willian Gomes de Oliveira, frisa que ações como essa visam, principalmente, o combate aos crimes ambientais. “Nós recebemos as denúncias, diretamente do 181, através da nossa coordenação de inteligência. A partir daí, partimos para o local indicado para fazer a verificação. Diante do flagrante delito, as providências de condução são executadas. Caso exista apenas vestígios, isso é relatado e informado à coordenação de inteligência”, explicou.
 
A fiscalização preventiva e repressiva é uma ação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vila Velha (Semma). Seja em carvoarias clandestinas ou resgates de animais silvestres mantidos em cativeiros ou mesmo supressão irregular de vegetação. 
 
“O núcleo atua principalmente dentro das unidades de conservação, áreas naturais e praias do município. As ações envolvem também fiscalizações para coibir à captura irregular de caranguejo ou construções em áreas de preservação permanente e apoio à fiscalização do Meio Ambiente em locais perigosos”, reforçou a subsecretaria de Meio Ambiente (Semma), Marjorye Boldrini. 
 
Grupamento Ambiental
 
O grupamento especializado foi criado pela Portaria 009/19, publicada no Diário Oficial do Município em 28 de março de 2019, e iniciou os trabalhos em julho do mesmo ano. Funciona com seis agentes em dois turnos, matutino e vespertino. A dinâmica é feita por patrulhamento preventivo, em todas as Unidades de Conservação de Vila Velha através de rondas constantes, no flagrante delito, patrulhamento, inclusive nas trilhas. 
 
Atua também nas ocorrências relacionadas à extração irregular de areia, com parcerias com a Rodosol no recolhimento do animal e da carroça encaminhando o infrator para a Polícia Federal.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}
Notícias Relacionadas