Prefeitura de Anchieta tem programa para adoção de equinos - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
Prefeitura de Anchieta tem programa para adoção de equinos
Publicado por Redação VitóriaNews
Reprodução PMA

A Prefeitura de Anchieta, ES, lançou em 2019 o Programa Municipal de Recolhimento de Animais de Grande Porte. Uma das ações é destinar abrigo adequado aos animais recolhidos em vias públicas e não reavidos pelos seus donos, retirando-os do centro urbano e abrigando em local seguro na zona rural ou área específica apropriada.

Para promover essa doação de forma responsável foi criado o ‘Projeto Adote um Cavalo’. Os exemplares são animais saudáveis, chipados, vermifugados, que recebem atendimento veterinário após recolhidos das vias públicas pelo Serviço de Recolhimento de Animais do município. 

De acordo com a Secretária municipal de Meio Ambiente, Jéssica Martins, os equinos recolhidos por intermédio de empresa contratada pela municipalidade, são confinados, tratados e, quando não reavidos pelos seus donos no prazo de sete dias, ficam disponíveis para doação ou são destinados a entidades sem fins lucrativos, pessoas físicas ou jurídicas, de acordo com a Lei Municipal 17/1993 e alterações.

O projeto de adoção do animal é realizado através do cadastro de pessoas e entidades interessadas, seguindo critérios previstos na Portaria Municipal e regulamento específico, e ainda através de campanhas de adoção.

Os interessados devem efetuar o cadastro na Secretaria de Meio Ambiente e após aprovados serão inseridos na lista de prioridade de escolha dos animais, de acordo com a ordem de inscrição.

Para realizar o cadastro, é necessário comprovar condições de cuidar do animal, apresentar ficha sanitária expedida pelo IDAF, documentação comprobatória da atividade exercida, que deve estar em acordo com aquelas autorizadas para adoção, entre outros requisitos. As inscrições devem ser feitas de forma presencial com apresentação da documentação exigida para análise.

Conforme a gerente de Recursos Hídricos e Naturais, Ana da Matta, os animais não poderão ser adotados para trabalho de tração.

Caso os animais sejam adotados por pessoas de fora do Estado, os novos donos deverão realizar e arcar com exames para identificação de mormo, conforme exigência da Secretaria Estadual de Agricultura para emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA). O exame de anemia infecciosa já é realizado pela prefeitura através da empresa responsável pelo recolhimento.

Para concluir a adoção, o interessado deverá providenciar o GTA junto ao IDAF, para destinos dentro ou fora do estado.

INFORMAÇÕES: (28) 3536-1867.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR O REGULAMENTO

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR OS DOCUMENTOS EXIGIDOS

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas