Localidades afetadas pelo vazamento de óleo chegam a 607, segundo Ibama - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
Localidades afetadas pelo vazamento de óleo chegam a 607, segundo Ibama
Espírito Santo é o único estado do sudeste atingido, até o momento
Publicado por Redação VitóriaNews
Divulgação Ibama

Subiu para 607 o número de localidades afetadas na costa brasileira pelas manchas de óleo. O dado foi divulgado no fim da semana e pertence ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que está monitorando a situação do desastre.

A análise reúne praias, rios, ilhas e mangues que acabaram sendo atingidas por fragmentos ou manchas de petróleo cru. Ao todo, nove estados do Nordeste e o Espírito Santo foram afetadas pelo desastre que ocorreu em 30 agosto.

De acordo com o Ibama, 26 pontos apresentam mais de 10% de contaminação. Outros 342 pontos tem uma porcentagem de contaminação menor que 10%. Por outro lado, já são 239 locais que foram limpos.

A Bahia segue como o estado mais afetado, são 17 ocorrências de manchas e 149 de vestígios e fragmentos.

O primeiro ponto identificado com mancha de petróleo foi Conde, na Paraíba. Ao todo, já foram retirados mais 4,5 mil toneladas de petróleo e resíduos contaminados pelo produto.

X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}
Notícias Relacionadas