Abrolhos abre cadastramento para turismo embarcado - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Sustentabilidade
Abrolhos abre cadastramento para turismo embarcado
Publicado por Redação VitóriaNews
Divulgação ICMBio
O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) comunica que iniciou hoje (5) a abertura do período de cadastramento aos interessados em operar a visitação comercial embarcada no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. A partir de hoje, os interessados terão um prazo de 30 dias para apresentar todos os documentos e comprovantes solicitados. A visitação embarcada contemplará a observação da fauna e, flora, caminhada monitorada em trilha e mergulho livre e autônomo.

Segundo o chefe do Parque, Fernando P.M. Repinaldo Filho, os procedimentos para o cadastramento estão previstos na Portaria ICMBio nº 29/2018, publicada no dia 11/01/2018, no Diário Oficial da União. O conteúdo completo da Portaria, detalhando os documentos, requisitos, bem como os anexos que devem ser preenchidos pelos interessados, encontra-se aqui.

Após o cadastramento dos interessados, a análise da documentação e vistoria nas embarcações, atendidos todos os requisitos e normas estabelecidos na Portaria, a Autorização de Uso será emitida pelo Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Para esclarecimento de dúvidas ou maiores informações, os interessados devem entrar em contato pelo email: [email protected], ou comparecer à sede do Parque Nacional, na Praia do Kitongo, S/N, em Caravelas – Bahia.
Fonte: ICMBio
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas