Suíça manda na partida e elimina a campeã Itália nas oitavas da Eurocopa

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Suíça venceu a Itália por 2 a 0, neste sábado (29), no confronto de abertura das oitavas de final da Eurocopa, no Estádio Olímpico de Berlim.

Os suíços dominaram a Itália ao longo de toda a partida e despacharam a atual campeã da Eurocopa com gols de Freuler e Vargas. A Suíça não vencia a Itália desde 1993, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa de 1994.

Nas quartas de final, a Suíça enfrentará o vencedor do confronto entre Inglaterra e Eslováquia, que jogam neste domingo (30), em Gelsenkirchen.

COMO FOI O JOGO

Historicamente reconhecida como uma seleção que apenas se defende, a Suíça inverteu os papéis e mandou no jogo no 1º tempo. Os suíços marcaram a saída de bola dos italianos e criaram as melhores chances de ataque, enquanto a Itália ficava sufocada na defesa. Aos 20 minutos, a Suíça só não abriu o placar graças a uma grande defesa do goleiro Donnarumma, que espalmou chute de Embolo cara a cara.

Aos 36 minutos do 1º tempo, a pressão suíça surtiu efeito. Após longa troca de passes, Freuler recebeu de Vargas e bateu no canto direito de Donnarumma, abrindo o placar da partida. A seleção de Murat Yakin mandou no jogo e terminou o 1º tempo com 10 chutes a gol, sendo três no alvo, contra apenas um chute da Itália, para fora.

O 2º tempo começou e aos 30 segundos a Suíça ampliou o drama italiano com um golaço de Vargas. Perdendo por 2 a 0, o técnico italiano Luciano Spaletti, que havia colocado Zacagni no lugar do atacante El Shaarawy no intervalo, fez a segunda substituição aos 20 minutos do 2º tempo, quando Retegui entrou no lugar de Barella.

Aos 30 minutos, a Itália tentou reagir após mais duas substituições, mas Scamacca chutou na trave após boa jogada de Zaccagni.

Compartilhe: