Sete morrem após queda de ônibus em rio no centro histórico de São Petersburgo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Sete pessoas morreram após o ônibus em que estavam perder o controle e cair no rio Moika, na cidade de São Petersburgo, na Rússia, na sexta-feira (10), informaram autoridades locais. Outras seis pessoas ficaram feridas, algumas das quais estão em estado grave.

A polícia da cidade disse que cerca de 20 pessoas estavam a bordo do ônibus. Vídeos de vigilância compartilhados pelas autoridades mostraram o ônibus fazendo uma curva em U e colidindo contra a grade da ponte antes de mergulhar na água.

O motorista foi preso e acusado de violações de trânsito, segundo publicação da polícia de São Petersburgo no Telegram. Se considerado culpado, ele pode pegar até sete anos de prisão, de acordo com publicação do The Moscow Times.

O Comitê de Investigação da Rússia disse que as vítimas morreram no local. Durante tentativas de resgate, o ônibus estava quase completamente submerso perto da ponte no centro histórico da cidade. Enquanto isso, barcos de resgate estavam rodeando o local, ambulâncias aguardavam na ponte.

O número de mortos pode aumentar, já que os médicos disseram que pode haver quatro passageiros em estado de morte clínica, segundo o relato do Fontanka, um veículo de notícias com sede em São Petersburgo, mencionando autoridades anônimas.

A mesma publicação também diz ter identificado o motorista, um homem de 44 anos chamado Rakhmatshokh.

O governador de São Petersburgo, Alexandr Beglov, lamentou a tragédia. “Expresso as minhas mais profundas condolências às famílias e amigos dos mortos no acidente na barragem de Moika. Todas as vítimas foram levadas a hospitais, onde receberam a assistência necessária”, escreveu ele no Telegram.

Beglov seguiu a mensagem agradecendo aos socorristas, ambulâncias, médicos e policiais de trânsito que rapidamente chegaram ao local do acidente. “Muito obrigado às pessoas que viram o ônibus cair no rio e imediatamente correram para salvar os que estavam em apuros.”

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.