São Paulo vê três notícias boas (e outras três ruins) antes de encarar Ceni

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A vitória do São Paulo sobre o Criciúma, além de colocar fim a uma sequência de quatro jogos sem vencer, serviu para dar três notícias boas —e outras três ruins— para o Tricolor antes do reencontro com Rogério Ceni, nesta sexta-feira (28) técnico do Bahia —os times se enfrentam no domingo (30), pelo Campeonato Brasileiro.

O QUE ANIMA?

Alan Franco e Arboleda. Os zagueiros voltaram a atuar juntos após um hiato de quase um mês: nas últimas semanas, argentino e equatoriano quase que se alternaram como ausências para Luis Zubeldía, que acionou o reserva Diego Costa. Alan Franco e Arboleda ainda não perderam nesta temporada quando formaram a dupla de zaga titular.

Lucas. O astro voltou a brilhar depois de dois jogos em que não conseguiu fazer a diferença. Contra o Cuiabá, ele pouco produziu ao sair do banco e, diante do Vasco, teve desempenho discreto na goleada sofrida por 4 a 1. Lucas voltou a ser o termômetro do Tricolor na noite desta quinta-feira (27): ele iniciou o lance que acabou com gol de Alisson, deu assistência para Luciano e sofreu sete faltas.

Ferreirinha. O ponta iniciou como titular pela 2ª vez com seu atual comandante, deu profundidade ao time e criou a “dor de cabeça boa” para o técnico, que tem usado habitualmente Nestor e Michel Araújo na esquerda —os dois são menos agudos que Ferreirinha e preenchem mais o meio de campo. A escalação do camisa 47, aliás, foi vista como “perigosa” por Zubeldía.

Jogamos com o esquema de 4-2-4, com quatro atacantes. Era perigoso? Sim, mas tratamos de fazer uma estratégia em relação ao adversário e de como vínhamos nos últimos jogos. Usamos isso e baixamos um pouco os volantes. Fizemos algo bom para nossos torcedores, eles gostam mais porque atacamos mais. O Ferreirinha teve essa missão de atacar de fora para dentro e fazer com que a linha de cinco deles tivesse problema de qual jogador marcar. Com isso, provocamos boas jogadas Zubeldía

O QUE ALERTA?

Jandrei. Reserva do convocado Rafael, o goleiro falhou feio e cedeu um gol para o Criciúma nos minutos finais da vitória por 2 a 1. Contestado por alguns torcedores, Jandrei teve sua permanência bancada pelo técnico e será o titular Tricolor contra o Bahia. O reserva é o jovem Young, de 22 anos, formado em Cotia.

Se nesta sexta-feira (28) houve essa incidência no gol, eu espero que, diante de um goleiro do nível de profissionalismo dele, ele reverta essa situação rapidamente. Ele terá que jogar bem a próxima partida. São desafios importantes para o jogador. A única coisa que posso fazer é dar meu apoio Zubeldía

Calleri. O centroavante chegou a cinco jogos consecutivos sem balançar a rede, fato que resultou em seu maior jejum nesta temporada. Mesmo diante da seca, Calleri não vê sua titularidade ameaçada e é homem de confiança da comissão técnica do clube.

Suspensão de Zubeldía. Diante do Criciúma, o técnico tomou seu terceiro cartão amarelo no Brasileirão e vai desfalcar a equipe pela primeira vez desde que assumiu o cargo. No fim de semana, contra o ídolo Rogério Ceni, o elenco será comandado por um dos auxiliares do argentino: Maxi Cuberas, Carlos Gruezo ou Alejandro Escobar —o primeiro desponta como favorito.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.