sexta-feira, 20 maio, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Festival Varilux apresenta Catherine Deneuve no drama ‘Enquanto Vivo’

Uma das mais aclamadas atrizes do cinema francês, Catherine Deneuve, brilha no filme “Enquanto Vivo”, no papel de uma mãe que transmite e toca todos os sentidos ao se deparar e acompanhar o processo da finitude da vida de seu filho, que sofre de uma doença terminal.

Dirigido por Emmanuelle Bercot – vencedora de vários prêmios ao longo de sua carreira de cineasta e também como atriz – o drama também integrou a seleção oficial da última edição de Cannes e retrata um homem (Benoît Magimel) condenado cedo demais por uma doença, bem como o sofrimento de uma mãe (Catherine Deneuve) diante do inaceitável. A dedicação de um médico e de uma enfermeira para acompanhá-los num caminho impossível. Ao longo das quatro estações de um ano eles terão que lidar com a doença, domesticá-la, e compreender o que significa morrer enquanto vive. Esse filme, ao mesmo tempo sombrio e luminoso, aborda o tema da empatia com muita delicadeza e emoção; uma produção comovente e que debate o processo da aceitação da morte, sem menosprezar as singularidades de cada personagem e suas questões. A produção tem estreia prevista no país para o ano que vem, com distribuição da Bonfilm.

Realizada entre 25 de novembro e 08 de dezembro, a 12°edição do Festival Varilux de Cinema Francês, além de “Enquanto Vivo”, traz ainda outras 16 produções inéditas da recente cinematografia francesa, dois clássicos e uma mostra especial em homenagem ao ator Jean-Paul Belmondo aos cinemas de dezenas de cidades brasileiras.

 

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas