Em aniversário de 33 anos, Felipe Neto ganha homenagens e piadas - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Em aniversário de 33 anos, Felipe Neto ganha homenagens e piadas
Publicado por Estadão Conteúdo
Reprodução

Na manhã desta quinta-feira, 20, a hashtag #FelipeNetoLevel33 já dominava as redes sociais. Os fãs do Felipe Neto, que tem mais de 41 milhões de inscritos em seu canal, prestaram suas homenagens e fizeram piadas pelo aniversário de youtuber.

Em seu Instagram, ele postou uma foto com filtro de envelhecimento onde aparenta ter (bem) mais de 33 anos. No Twitter, escreveu: "Gente, eu juro que vou ler tudo que vocês mandarem na tag". E a lista não para de crescer.

Dono de um dos maiores canais do YouTube, o carioca tem mais de onze bilhões de visualizações acumuladas no desde que começou na plataforma em 2010. No início, seus vídeos traziam críticas a diversos temas, como a comunidade LGBT.

"Quando comecei a gravar vídeos para a internet, era um menino de 21 anos ainda em processo de amadurecimento, o que me fez criar um personagem reclamão que falava muito palavrão e dizia alguns clichês idiotas e preconceituosos", contou em entrevista ao Estadão.

Nesses 11 anos que passaram, Felipe Neto se reinventou e sua popularidade cresceu. Seus vídeos passaram a tratar de temas mais sérios, como depressão e educação, e engajamento político. Na Bienal do Livro do Rio de Janeiro em 2019, ele comprou e distribuiu 14 mil livros com temática LGBT em ação contra a censura.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas