Caê Guimarães e Tônio Caetano são os vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2020 - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Caê Guimarães e Tônio Caetano são os vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2020
Publicado por Estadão Conteúdo
Reprodução Sesc

O Prêmio Sesc de Literatura anuncia nesta sexta-feira, 19, os vencedores da edição 2020: Caê Guimarães ganhou na categoria romance, com o livro Encontro Você No Oitavo Round, e o gaúcho Tônio Caetano venceu a categoria conto, por Terra nos Cabelos.

Os livros serão publicados pela editora Record. Em anos anteriores, o Prêmio Sesc revelou talentos que se firmaram na literatura brasileira contemporânea, entre eles Juliana Leite, Rafael Gallo, Luisa Geisler, André de Leones, Franklin Carvalho, Sheyla Smanioto e Lucia Bettencourt.

Neste ano foram inscritos 1.358 livros, sendo 692 romances e 666 contos. O cronograma não foi afetado pela pandemia do novo coronavírus.

Caê Guimarães nasceu em 1970 no Rio de Janeiro. Foi criado no Espírito Santo, onde vive atualmente. É poeta, escritor, jornalista, redator e roteirista. Segundo o Sesc, com o novo livro, o escritor apresenta uma narrativa que trata de redenção: um pugilista se debate entre um incômodo zumbido e a memória de outra ocupação antes de se dedicar ao boxe. Dias antes da sua última luta, ele conhece uma jornalista disposta a desvendar o que o fez tomar o caminho dos ringues.

Tônio Caetano nasceu em Porto Alegre, em 1982. Trabalha como servidor público municipal e é especialista em literatura brasileira pela PUC-RS. No volume de contos Terra nos Cabelos, o escritor explora diferentes percursos da mulher na sociedade, abordando o mundo do trabalho, o primeiro beijo, ritos de iniciação e as violências externas e internas submetidas ao sexo feminino.

Os livros são inscritos gratuitamente pela internet e protegidos por anonimato. Em seguida, as obras são avaliadas por escritores profissionais, cujos nomes mudam a cada edição, e escolhem os vencedores pelo critério da "qualidade literária", de acordo com o Sesc. Esse ano as comissões foram comandadas por Renata Pimentel e Samarone Lima, na categoria romance, e por Ana Paula Maia e Marcelo Moutinho, na categoria conto.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.