Show da reunião de Led Zeppelin no YouTube até terça, 2 - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Show da reunião de Led Zeppelin no YouTube até terça, 2
Publicado por Estadão Conteúdo
Divulgação

Os 20 mil fãs que conseguiram ingressos para estar na O2 Arena, em Londres, naquele 10 de dezembro de 2007, foram testemunhas de um momento histórico: a reunião do Led Zeppelin. Havia quase três décadas que o vocalista Robert Plant, o guitarrista Jimmy Page e o baixista John Paul Jones não subiam juntos ao palco. Juntaram-se ao baterista Jason Bonham que ocupou o lugar do pai, John Bonham, morto em 1980. Quem estava ali acompanhou o que deve ter sido, de fato, o último show de uma das maiores bandas de rock da história.

Devidamente registrado, o show Celebration Day, como foi batizado, pode ser visto desde sábado, 30, às 16h (horário de Brasília), no canal oficial da banda no YouTube, e ficará disponível por 72 horas. Um presente da banda em tempos de pandemia. Em 2012, a gravação do concerto foi lançada em versões DVD, Blu-Ray e CD.

A reportagem do Estadão fez a cobertura do show em Londres. E viu no palco uma banda em plena forma, como se nunca tivesse parado. Um Led Zeppelin catártico, que não deu brecha para melancolia, saudosismo, ou sentimentos do gênero, celebrando sua obra, extasiando a plateia. No repertório, sucessos como Black Dog, Kashmir e Whole Lotta Love. E também um dos clássicos-mor na voz de Plant, Stairway to Heaven. De arrepiar.


As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.