Pabllo Vittar chora ao relembrar preconceito que sofreu na escola - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Pabllo Vittar chora ao relembrar preconceito que sofreu na escola
Publicado por Estadão Conteúdo
Reprodução Instagram

A cantora Pabllo Vittar se emocionou ao falar sobre a canção Indestrutível durante o Programa da Maisa neste sábado, 1, no SBT. No clipe da canção, um menino aparece apanhando dos colegas da escola por não ser aceito pelo grupo, uma realidade vivida por ela durante a infância. "Tudo vai ficar bem/ E essas feridas vão se curar/ Se recebo dor/Te devolvo amor/ E quanto mais dor recebo/Mais percebo que sou indestrutível", diz a letra da música.

"No ensino médio, as pessoas começaram a me aceitar, a me respeitar. Foi ali que me descobri quem eu era (sic)", relatou Pabllo, se segurando para não chorar. "Eu sei, é muito forte", consolou Maisa Silva.

A cantora também contou que recebe inúmeros relatos de pessoas que já passaram por bullying: "Recebo muita mensagem de pessoas que estão se descobrindo, que estão podendo ir para a escola".

No perfil oficial de Maisa no Twitter, a apresentadora agradeceu o fato de Pabllo retomar esse tema durante o programa no SBT. "Obrigada pela sua coragem, Pabllo Vittar. Obrigada por ser uma voz hoje", escreveu Maísa.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}
Notícias Relacionadas