Pabllo Vittar diz que 'estampou alma' em novo álbum, com referências a sua infância - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Pabllo Vittar diz que 'estampou alma' em novo álbum, com referências a sua infância
Conteúdo editorial fornecido por Folhapress
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora e drag queen Pabllo Vittar lança nesta quinta-feira (4) seu novo disco, "Não Para Não", um ano e meio após o sucesso de seu primeiro trabalho, "Vai Passar Mal".

A cantora soma um bilhão de acessos somando todas as plataformas digitais e figura na lista dos dez artistas brasileiros mais populares no Spotify.

Segundo a artista, o novo álbum "tem a sua alma estampada", principalmente porque "mistura nas canções todos os ritmos que ouvia durante a infância no Nordeste, como forró, tecnobrega, cúmbia e axé".

Com uma lista de referências que vai de Bell Marques a New Order, o disco levou cerca de um ano para ser produzido.

Vittar reuniu novamente o Brabo Music Team, formado por compositores escolhidos pelo produtor Rodrigo Gorky, para a concepção do novo trabalho.

"Fiz diversas reuniões com o Pablo Bispo [compositor e parceiro da cantora] e o Gorky para pensarmos juntos a respeito do álbum. Nossas agendas eram muito corridas, mas mesmo assim conseguimos organizar as ideias e gravá-lo."

O disco é curto e tem dez faixas, somando 27 minutos de tempo total. "Direto ao ponto", como define Gorky.

"Buzina" --faixa de abertura e única que Pabllo assina como compositora-- tem dois minutos, por exemplo. Com referências do k-pop, a cantora funde um tecnobrega dançante à canção, preparando o ouvinte para toda atmosfera pulsante presente nas músicas seguintes.

A terceira canção é o hit "Problema Seu", um pagode elétrico de inspirações baianas, com referências claras a Luiz Caldas e Bell Marques -expoentes do axé baiano.

Lançada em agosto deste ano, a canção rapidamente atingiu 40 milhões de visualizações no YouTube. "Acho que as pessoas se identificam com minhas músicas porque elas enxergam sinceridade nelas. Eu faço com o coração e acabo tocando as pessoas quando falo da minha própria vida e dos meus amores."

As emoções pessoais exacerbadas, presentes na maioria das canções de Pabllo, também são percebidas em "Disk Me", assinada por Diego Timbó e Rodrigo Gorky.

A canção teve 23 arranjos diferentes até ficar pronta e soa como um rhythm and blues romântico, com letra que diz: "Que coragem você tem de me ligar às quatro da manhã pra me falar de amor/ O que você tomou?".

O disco ainda conta com participações de Ludmilla, em "Vai Embora", e de Dilsinho, novo nome do samba pop, na balada romântica "Trago Seu Amor".

A respeito de sua imagem política, como símbolo de representação LGBT, ela afirma que continuará usando sua música para dar voz a essas minorias.

"Enquanto eu sair na rua e vivenciar algum tipo de violência cotidiana contra pessoas como eu, continuarei falando desse assunto em público. O retrocesso ainda é enorme para deixarmos de lutar."

A estreia da turnê de lançamento de "Não Para Não" está agendada para 1º de novembro, em São Paulo.
X
Olá! Faça seu cadastro no VitóriaNews.
{{app_feedback}}
{{getTitulo}}
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Comentando como
{{dados_login.nome}}
Sair
{{app_feedback_comment}}
{{comentario.nome}}
{{comentario.comentario}}
Notícias Relacionadas