Prefeitura do Rio cancela participação de Naldo Benny no Réveillon de Copacabana - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Prefeitura do Rio cancela participação de Naldo Benny no Réveillon de Copacabana
Conteúdo editorial fornecido por Folhapress
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), bispo licenciado da Igreja Universal, e a Riotur (Empresa de Turismo do Rio de Janeiro) afirmaram nesta quinta-feira (7) que cancelaram a participação de Naldo Benny no Réveillon de Copacabana.

A decisão acontece depois de o cantor ter sido preso na tarde desta quarta-feira (6) por posse ilegal de arma e por lesão corporal, ameaça e injúria contra sua mulher, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho.

A Polícia Civil afirmou que o cantor foi preso em flagrante em sua casa, na Freguesia, zona oeste do Rio, por portar uma pistola calibre 7,65 e quatro munições. A prisão de Naldo Benny foi determinada pela delegada Viviane Costa, da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) depois de Moranguinho prestar queixa.

No último sábado (2), Naldo e Moranguinho tiveram uma briga depois de dois shows que eles fizeram. A funkeira disse à polícia que havia sido agredida pelo marido. Após o incidente, Moranguinho deixou a casa com a filha Maria Vitoria.

Segundo a polícia, Naldo responde como autor em inquérito policial por lesão corporal, ameaça e injúria contra sua mulher. O cantor foi liberado no meio da tarde desta quarta após pagamento de fiança, que não teve o valor revelado.

Depois de sair da delegacia da mulher em Jacarepaguá, Naldo Benny fez um show em uma festa de confraternização de funcionários do 18º Batalhão da Polícia Militar, segundo jornal "Extra".

O cantor se disse arrependido do caso. "Quero pedir perdão a minha mulher. E dizer que vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, machucado, completamente machucado, completamente arrasado, por tudo o que aconteceu. Uma saudade absurda da minha filha, uma saudade absurda da minha mulher. Vou lutar pela minha família. Não abro mão da minha família."

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Mulher Moranguinho, mas não obteve retorno até a publicação desse texto.