Projetos inovadores em saúde mental entre adolescentes disputam Prêmio Espírito Público

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Projetos dedicados a melhorar a saúde mental de adolescentes concorrem ao Prêmio Espírito Público, realizado pela parceria Vamos, que inclui o Instituto República.org, a Fundação Lemann e o Instituto humanize. A votação é aberta ao público e pode ser acessada até dia 3 de julho no site do concurso.

No Pará, servidores deram início à Oficina Papo Cabeça, que atua para prevenir suicídio e automutilação de jovens em colégios públicos o estado.

Com o projeto, gestores escolares são capacitados para lidar com esses temas e desenvolvem ações para apoiar a saúde mental de estudantes do ensino médio, incluindo rodas de conversa e escutas individuais. Ao todo, 1.250 alunos de 16 escolas passaram pelo projeto.

Já no Rio de Janeiro, servidores foram indicados pela iniciativa “E agora? Um Rolé Digital”, que usa histórias interativas virtuais para tratar de temas como combate ao cyberbullying, golpes digitais e violência nas escolas.

Outro projeto carioca é o Rap da Saúde, que seleciona jovens de 14 a 24 anos para compartilharem informações sobre saúde entre adolescentes em unidades de atenção primária da cidade. A iniciativa também visa fortalecer o SUS e facilitar o acesso de adolescentes ao atendimento.

O prêmio também conta com outras atividades indicadas em categorias de saúde, meio ambiente e emergência climática, gestão e planejamento, gestão de pessoas, educação e desenvolvimento social.

Os vencedores serão divulgados durante a entrega prêmio, em 24 de julho. A votação pode ser feita no site: https://premioespiritopublico.org.br/

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.