sexta-feira, 24 junho, 2022
em conformidade com o que estabelece a junta comercial do es - jucesspot_img

Impasse leva Bivar e Tebet a adiarem jantar da ‘terceira via’ com Doria

Em mais um sinal da dificuldade dos partidos da chamada terceira via de chegarem a um entendimento na disputa presidencial, os líderes do MDB, PSDB, União Brasil e os pré-candidatos das legendas decidiram adiar um jantar que aconteceria nesta segunda-feira, 25, em São Paulo para definir as regras e o calendário do colegiado.

Uma nota divulgada pela assessoria do ex-governador João Doria, pré-candidato do PSDB, informou que o encontro foi adiado a pedido da senadora Simone Tebet (MDB-MS) e do deputado Luciano Bivar (UB-PE), ambos pré-candidatos.

No comunicado, Doria disse que o momento exige “união”: “Separados seremos derrotados e isso só interessa aos extremistas”, afirmou o tucano.

Impasse na ‘terceira via’

Até o momento, os três pré-candidatos não chegaram a um entendimento sobre os critérios de escolha para o nome da “terceira via” para concorrer ao Palácio do Planalto.

O grupo de Doria defende a contratação de uma uma pesquisa de intenção de voto quantitativa que, segundo o paulista, seria “incontestável”. No entanto, o MDB e o União Brasil resistem, por avaliarem que a rejeição do tucano é muito grande.

Além disso, em sabatina do jornal Folha de S. Paulo/Uol, a pré-candidata do MDB descartou a possibilidade de ser vice caso não seja escolhida para cabeça de chapa na corrida presidencial. “Se abrir mão da pré-candidatura à Presidência e aceitar o papel de vice, eu estaria aí diminuindo o espaço da mulher na política”, disse Tebet.

A questão do calendário também causa impasse. Pelo acerto inicial, a escolha do pré-candidato aconteceria em 18 de maio, mas grupos do União Brasil defendem que esse prazo seja antecipado para o dia 6.

Por outro lado, no PSDB prevalece a tese de que o melhor é adiar. Afinal, as inserções de Doria na televisão serão exibidas a partir de 26 de abril e o partido aposta nelas para melhorar o desempenho do pré-candidato nas próximas pesquisas.

Definição no PSDB

A própria pré-candidatura de Doria pelo partido tucano teve seus percalços nas últimas semanas, enquanto o ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite se movimentava dentro do PSDB em busca de aliados para possibilitar uma candidatura à presidência.

No entanto, em carta divulgada na sexta-feira, 22, Leite recuou e lembrou que o ex-governador de São Paulo o derrotou nas prévias do partido. Para o gaúcho, uma candidatura diferente pelo PSDB dependeria de uma decisão de Doria. Ele ainda disse que se colocaria “com toda a disposição para auxiliar na construção suprapartidária de uma alternativa para o Brasil”

Pedro Venceslau e Rubens Anater
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

POSTAGENS RECENTES

EDITORIAS

Relacionadas