Pogba descarta aposentadoria após suspensão por doping: ‘não acabou’

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O meia Paul Pogba descartou se aposentar após ser suspenso por quatro anos por doping. O jogador, que acompanhou a vitória da França sobre a Bélgica pela Eurocopa, tenta diminuir a pena e afirmou que “Pogba não acabou”.

Se você não viu uma entrevista minha na qual eu digo que estou me aposentando, significa que não é bem assim, porque ainda me sinto um jogador de futebol. Quero lutar contra isso para mim é injustiça. Pogba não acabou, Pogba está aqui e até vocês me verem dizer que acabei, não se preocupem. Tenho uma vontade incrível de voltar, me sinto como uma criança que quer ser profissional. Eu treino, faço tudo que posso para voltar aos gramados. Pogba, em entrevista à canal Sky Sports

As últimas notícias são que ainda sou um jogador da Juve, tenho o contrato, mas não tive a oportunidade de falar com o diretor e o técnico… há silêncio. Acho que eles estão esperando o resultado do recurso, mas você tem que perguntar a eles.

O QUE ACONTECEU

Pogba foi punido pelo uso de testosterona. O meia testou positivo para a substância após a vitória da Juventus sobre a Udinese pela Série A em 20 de agosto de 2023, e uma contraprova realizada em outubro confirmou o resultado.

O atleta de 31 anos aguarda julgamento de recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS). Ele tenta reduzir a pena para dois anos.

O francês não pode usar as dependências da Juventus e pode ter contrato rescindido. Ele assinou com a Velha Senhora até junho de 2026.

Compartilhe: