PM rodoviário morre atropelado por veículo em fuga na rodovia Anhanguera, em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um policial militar rodoviário morreu atropelado por um veículo em fuga na noite deste domingo na rodovia Anhanguera, sentido interior, na região de Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo).

De acordo com a polícia, o cabo Júlio César Vieira de Castro, 45, fazia parte de um bloqueio no km 304 da rodovia, que tentava abordar um carro suspeito.

O rodoviário foi atropelado pelo carro em fuga pouco depois de descer da viatura policial para dar ordem de parada ao motorista.

Em seguida, segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), o condutor do carro, de 27 anos, perdeu o controle e capotou. Ele morreu no acidente.

Conforme a pasta da segurança, uma mulher de 24 anos, que estava no veículo acidentado, acabou presa por suspeita de tráfico, pois 1 kg de cocaína foi encontrado no automóvel.

A morte do cabo Vieira de Castro foi constatada no local, afirma a pasta da Segurança Pública.

Em suas redes sociais, a Polícia Militar paulista lamentou a morte do rodoviário.

A ocorrência foi apresentada na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ribeirão Preto.

O policial era natural de Batatais e residia em Ribeirão Preto. Ele deixa a mulher e uma filha de 15 anos.

Em fevereiro do ano passado, um policial militar rodoviário foi atropelado por um motorista que ignorou sinal de parada na rodovia Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, em Cabreúva (a 78 km de São Paulo).

A cena violenta foi registrada por uma câmera de segurança do posto da Polícia Rodoviária, no km 86 da estrada estadual, sentido Itu, onde ocorreu o atropelamento.

O motorista de 24 anos, que foi indiciado por tentativa de homicídio culposo, só se apresentou à polícia no dia seguinte e liberado para responder em liberdade.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.