Dialogar em vez de agredir - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Opinião Pública
Dialogar em vez de agredir
Luiz Marins
A palavra diálogo tem sua origem no grego dia = através/entre + logos = sabedoria/conhecimento manifesto pela palavra.

Assim diálogo é a troca de conhecimento entre duas ou mais pessoas. Platão, principal discípulo de Sócrates escreveu seus famosos diálogos. Cada diálogo está dedicado a um tema (o de Parmênides aborda a questão das ideias, o de Fedro trata do amor, o Banquete é uma reflexão sobre o bem e o mal, e a República, um tratado sobre a justiça). Assim, já dizia Sócrates, o diálogo é o mais seguro caminho para a o conhecimento e a sabedoria.

Escrevo isso porque nunca vi tanta incapacidade de dialogar como tenho visto hoje. As pessoas partem logo para a acusação, para a agressão verbal, como se isso fosse o normal, o aceitável e o desejável. Com isso todos se mantêm na própria ignorância. Não há crescimento, não há evolução, não há abertura de mentes.

É preciso redescobrir o diálogo verdadeiro, respeitoso, que permite ideias contraditórias, que faz com que as partes se sintam livres e até incentivadas a expressar seus pensamentos. A incapacidade de dialogar está tornando a vida quase insuportável. Basta olhar as postagens e os comentários nas redes sociais. Impera a agressão verbal, a acusação, a intolerância à opinião alheia.

Até mesmo entre casais e amigos de longa data o diálogo está difícil. Sem respeito não há diálogo e sem diálogo não pode haver respeito. É uma guerra constante!

Vejo o mesmo acontecer nas empresas. Sem diálogo, pessoas se acusam, pessoas ofendem e se sentem ofendidas, o cliente é mal atendido, a qualidade desaba. Na política nem vale a pena comentar. O diálogo parece ter morrido por falta de oxigênio.

Você é capaz de dialogar com pessoas que pensam diferente de você?

Você é capaz de ouvir a opinião de alguém e discordar dela sem agredir, sem acusar, com calma e serenidade?

Você é uma pessoa que se acha dona da verdade?

Você é capaz de dialogar?

É preciso redescobrir o diálogo. É preciso deixar que a razão volte a dominar as conversas. Todos nós ganharemos muito.
Pense nisso. Sucesso!