Nível do Guaíba volta a subir e há pontos de alagamentos em Porto Alegre

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O nível do lago Guaíba, em Porto Alegre, voltou a superar a cota de inundação (3,6 metros) na madrugada desta segunda-feira (3) junto à Usina do Gasômetro, na região central da capital do Rio Grande do Sul. Chegou a 3,85 metros às 6h15, aumento de 42 centímetros nas últimas seis horas.

Há pontos de alagamentos na cidade. Segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), entre os pontos alagados estão: avenidas Praia de Belas, Aureliano Figueiredo Pinto, Borges de Medeiros e Rótula das Cuias.

No sábado (1º), o nível ficou abaixo da cota de inundação pela primeira vez em um mês. Chegou a 3,57 metros às 6h30 de sábado e a 3,55 metros às 8h15.

O nível na região do Gasômetro se tornou, na última semana, a nova referência oficial para acompanhar a água do lago, antes aferida no cais Mauá (onde a cota de inundação era de 3 metros, e o de alerta, 2,55 metros). O novo parâmetro foi estabelecido pela ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico).

O número de mortos em decorrência das chuvas no Rio Grande do Sul chegou a 172 na manhã deste domingo (2), quando a Defesa Civil do estado confirmou mais um óbito. Outros dois foram registrados neste sábado (1º) após uma semana sem aumento de mortes.

Ainda há 42 desaparecidos , e mais de 617 mil pessoas continuam fora de suas casas —cerca de 13 mil a menos do que o registrado no início da semana passada.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.