‘Não sou vítima de racismo. Eu sou algoz de racistas’, diz Vinicius Jr.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O atacante brasileiro Vinicius Jr. comemorou em suas redes sociais a condenação de três torcedores do Valência a oito meses de prisão por terem feito ofensas racistas em jogo do campeonato espanhol. “Essa primeira condenação penal da história da Espanha não é por mim. É por todos os pretos.”

A Justiça da Espanha condenou os torcedores acusados de proferirem insultos racistas contra o brasileiro Vinicius Jr,, durante partida do campeonato espanhol, em maio do ano passado. O trio também ficou proibido de ir a estádios durante dois anos.

Em sua conta no X (antigo Twitter), o atacante afirmou que a decisão servirá de exemplo. “Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Caso contrário, estarei aqui para cobrar.”

Os três foram considerados culpados na acusação de delito contra a integridade moral, com agravante de discriminação por motivos racistas.

Segundo a LaLiga, responsável pelo campeonato espanhol, esta é a primeira sentença condenatória deste tipo na Espanha como consequência da denúncia feita pela própria liga.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.