Moradores são baleados e escolas fecham em operação policial no Alemão, no Rio

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Duas pessoas foram baleadas e 36 escolas suspenderam as aulas durante operação da Polícia Civil nos complexos do Alemão e Penha, zona norte do Rio de Janeiro, nesta sexta (28). Os baleados seriam moradores da região e foram socorridos pelos bombeiros. O estado de saúde deles é considerado.

Ainda segundo os bombeiros, um dos feridos é um idoso, que foi atingido dentro de uma Kombi, e outro é um homem com idade entre 20 e 30 anos. Ambos estão internados no Hospital Estadual Getúlio Vargas.

A operação policial é das delegacias especializadas da corporação, com apoio da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais).

Em nota, a Polícia Civil afirma que o objetivo da operação é ” cumprir quatro mandados de prisão contra lideranças do tráfico de outros estados que se esconderam na comunidade. A ação conta com apoio da Polícia Militar”. Nenhuma das pessoas procuradas foi encontrada pelos

Também em nota, a a Secretaria Municipal de Educação disse que, no Complexo da Penha, 16 unidades escolares foram impactadas pelas operações. O mesmo ocorreu com outras 20 no

Unidades de saúde também tiveram suas rotinas alteradas. A Secretaria Municipal de Saúde informou que suspendeu as visitas domiciliares feitas por agentes da Clínica da Família Felippe Cardoso, assim como outras duas clínicas no Alemão. As consultas nas unidades, no entanto, ocorrem

Segundo a Rio Ônibus, por conta da operação, nove linhas de ônibus que circulam na região estão com desvio no

Nas redes sociais moradores afirmaram que acordaram ao som de tiros, que teriam iniciado por volta das 6 horas. Fotos mostram colunas de fumaça vindas de barricadas em chamas, muitas delas usam óleo para dificultar a entrada de blindados.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.