Mata atlântica predomina em metade dos municípios do país, diz IBGE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A mata atlântica é o bioma predominante em praticamente metade dos municípios do Brasil (49,2%), de acordo com uma classificação do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgada nesta sexta-feira (28).

Segundo a publicação, a mata atlântica predomina em 2.741 municípios, seguido pela caatinga (1.095), o cerrado (1.062), a amazônia (503), o pampa (162) e o pantanal (9).

A lista, criada para fins estatísticos, define os critérios de agregação de dados que serão usados pelo instituto em pesquisas e não altera os limites já existentes para biomas ou municípios.

Foram definidos, por exemplo, parâmetros para municípios que estão situados em mais de um bioma, que passam a ser classificados de acordo com aquele que representa maior percentual em sua área. São 963 municípios considerados interbiomas (17% do total), a maioria (220) no estado de São Paulo, com divisão entre mata atlântica e cerrado.

Quatro deles estão localizados em três biomas: Piripá (BA), Tremedal (BA), São João do Paraíso (MG) e Cáceres (MT).

A amazônia, apesar de ser o bioma com maior área no país, ocupando 49,5% do território brasileiro, é predominante em apenas 9% dos municípios. Segundo lugar em extensão, o cerrado representa 23,3% da área do país, mas predomina em 19% municípios.

Já a mata atlântica, que ocupa 13% do território brasileiro, está presente em uma faixa densamente povoada, na qual moram 70% da população.

O pantanal predomina em apenas nove municípios, todos em Mato Grosso ou Mato Grosso do Sul, sendo que apenas um deles — Ladário (MS) — está totalmente inserido dentro do bioma.

Compartilhe: