Madonna tem turnê de maior arrecadação do ano até agora com ‘Celebration’

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A turnê mundial com maior arrecadação do ano até agora é de Madonna. Segundo o relatório da Pollstar, divulgado pelo Variety, a estrela pop conquistou o posto graças ao sucesso da “Celebration Tour”, que no Brasil teve um show gratuito na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

A turnê, com preços médios de ingressos de US$ 208,85, ou cerca de R$ 1.126,20, Madonna teve uma arrecadação média de US$ 2.794.007, ou R$ 15.066.403, considerando uma média de 13.378 ingressos vendidos por show. Foram computados 856.247 ingressos vendidos nos 34 shows -de um total de 65 datas- levados em conta pelo estudo.

Segundo o relatório da Pollstar, a indústria da música ao vivo se estabilizou no primeiro semestre de 2024 após os anos de vendas recordes no pós-pandemia. Ou seja, não houve grandes aumentos ou quedas nos percentuais em comparação com anos anteriores.

No ano passado, por exemplo, a arrecadação total foi 51,1% maior que em 2022, enquanto a arrecadação média por show cresceu 64,7%. Já neste ano, os picos tanto para cima quanto para baixo não passaram de 17%.

De acordo com o Variety, o estudo da Pollstar não é definitivo, pois diversas produtoras ou promotores não divulgam os números para a empresa -caso de Taylor Swift com “The Eras Tour”, atualmente passando pela Europa.

Ainda assim, a Pollstar no ano passado afirmou que a excursão da cantora americana foi a de maior arrecadação de todos os tempos, a primeira a ultrapassar a marca do US$ 1 bilhão.

Segundo o relatório da empresa, Bad Bunny vem logo atrás de Madonna, com US$ 174,6 milhões, ou mais de R$ 941 milhões, seguido por Luis Miguel, com U$ 169 milhões (R$ 911 milhões), U2, com $135 milhões (R$ 727 milhões), e Karol G, com US$ 111 milhões (R$ 598 milhões).

O top dez ainda tem Bruno Mars, com US$ 102 milhões (R$ 550 milhões), Coldplay, com US$ 100 milhões (R$ 539 milhões), Seventeen, com US$ 74 milhões (R$ 399 milhões), Eagles, com US$ 69 milhões (R$ 372 milhões), e Nicki Minaj, com US$ 66 milhões (R$ 355 milhões).

Compartilhe: