Madonna encerra show histórico em Copacabana com homenagem a Michael Jackson

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O último ato do show começou com as silhuetas de Madonna e de Michael Jackson nos telões. Enquanto fotos da dupla eram exibidas, as sombras dançavam juntas ao som de uma versão que misturou perfeitamente “Billie Jean”, do rei do pop e amigo da rainha do gênero, e o hit “Like a Virgin” -que teve apenas um trecho cantado, sem Madonna, no palco, para a tristeza do público.

A breve homenagem a Michael Jackson deu lugar à fritação do show que foi anunciado como a “maior pista de dança do mundo”. Em “Bitch I’m Madonna”, várias versões da vida e da carreira da artista, na música e no cinema, foram representadas pelos dançarinos no palco, com direito a Nicki Minaj no telão.

A festa acabou com uma versão de “Celebration”, que batiza sua turnê, e Madonna descendo do palco com uma bandeira do país que escolheu para fazer o show de despedida da celebração de suas quatro décadas de trajetória. Só ficou o enorme globo brilhante no centro do palco.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.