Jovens são encontrados mortos dentro de carro em Itaguaí, no Rio

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Dois jovens foram encontrados mortos dentro de um carro em Itaguaí, no Rio de Janeiro, na noite de segunda-feira (1º).

Os corpos de Júlia Santos de Oliveira, 17, e João Pedro Ramos das Neves, 20, não tinham nenhum sinal de violência, informou a Polícia Militar. O carro estava estacionado na rua Pai Fabrício, no bairro Mazomba.

A suspeita é de intoxicação por gás. Os vidros do carro estavam fechados e o ar-condicionado ligado, o que pode indicar que eles morreram por asfixia após inalar monóxido de carbono. O caso será investigado pela 50ª DP (Seropédica).

Segundo o relato de moradores, o carro estava no local desde a manhã de segunda. Horas depois, eles chamaram a polícia.

Segundo a família, Júlia saiu para ir à escola por volta das 9h, mas não voltou para casa nem deu notícias. Seis horas depois, eles começaram a pedir ajuda nas redes para encontrar a adolescente.

O velório dela acontece no cemitério São Francisco Xavier às 14h30 desta quarta-feira (3).

CASOS SEMELHANTES

Em abril, um casal de São Carlos (SP) foi encontrado morto dentro de um carro em um posto de gasolina de Cajati, no interior de São Paulo. Eles estavam voltando de uma viagem à Argentina, estacionaram no posto e deixaram o ar-condicionado ligado.

Em janeiro, quatro amigos morreram asfixiados dentro de uma BMW que estava com vazamento de gás. Eles ficaram de três a quatro horas com o ar-condicionado do carro ligado, o que jogou monóxido de carbono para o interior do veículo.

O monóxido de carbono é um gás asfixiante, que não tem cheiro, por isso é de difícil identificação. Ele é produzido na queima incompleta de material combustível rico em carbono, como madeira, carvão, folhas, gasolina e gás natural.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.