Janja pega carona com Lula até Arábia Saudita e segue para Dubai para agenda própria

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, pegou carona na comitiva presidencial de Lula (PT) de Brasília para a Arábia Saudita e depois seguiu para Dubai, onde vai cumprir agenda própria antes da COP28, conferência do clima das Nações Unidas.

Essa é a primeira vez que Janja não acompanha o presidente em agenda internacional. Ela foi de voo comercial de Riad, a capital saudita, para Dubai.

De acordo com a assessoria da primeira-dama, ela chegou antes de Lula nos Emirados Árabes Unidos porque foi convidada para agendas oficiais.

“Sua chegada antecipada a Dubai se dá pelo fato de ter duas agendas com a Sheikha Fatima bint Mubarak Al Ketbi, conhecida também como Mother of the Nation, mãe do Presidente dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed bin Zayed Al Nahyan”, diz a nota.

“Nesta quarta (29), Janja terá uma [reunião] bilateral solicitada pela Sheikha e, na quinta (30), um almoço oferecido às cônjuges dos chefes de Estado presentes na COP28”, segue o texto.

A assessoria não divulgou o tema do encontro com Sheikha nem o valor da passagem do voo comercial. Também não informou se o bilhete foi pago com recursos públicos.

Lula chega a Dubai na noite de quinta-feira (30), onde participará da conferência e terá encontros bilaterais com autoridades, ainda não divulgados.

O chefe do Executivo desembarcou nesta terça na capital da Arábia Saudita, para reunião ampliada e outra privada com o príncipe Mohammed bin Salman, o mesmo que deu as joias de presente para o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Na quarta-feira (29), Lula terá encontros empresariais. Pela manhã, será um da Embraer, e à tarde, um da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Em Doha, no dia seguinte, o presidente participará de fórum com empresários e de um encontro com o emir Tamim bin Hamad al-Thani. De lá, parte para a COP28.

Após a conferência do clima, Lula e Janja vão para a Alemanha no dia 3 de dezembro. Eles jantarão com o premiê Olaf Scholz e, no dia seguinte, o presidente brasileiro terá uma bilateral com seu homólogo alemão, Frank-Walter Steinmeier, após nova reunião de trabalho com Scholz.

Deve haver assinatura de declaração conjunta e acordos. Há ainda a previsão de reunião com empresários e parlamentares.

Janja sempre acompanha Lula nas agendas internacionais. Ela foi a única primeira-dama a acompanhar as sessões de negociações do G20, fechadas ao público e à imprensa, em setembro. Cônjuges dos líderes dos outros 18 países e da União Europeia não estiveram presentes durante as discussões no centro de convenções Pragati Maidan, principal local da cúpula, em Nova Déli. Em evento recente no Planalto, Janja defendeu sua participação. Disse que foi para ouvir, aprender e se informar.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Pinterest
Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.