Itália leva susto com gol histórico, mas vira jogo e vence Albânia na Euro

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Itália venceu a Albânia por 2 a 1 neste sábado (16) no Signal Iduna Park, em Dortmund. O duelo é válido pela primeira rodada do grupo B na Eurocopa.

Bajrami marcou para os albaneses, Bastoni e Barella fizeram para os italianos. O gol da Albânia foi o mais rápido da história da Eurocopa, registrado aos 24 segundos.

Com o resultado, a Itália fica em segundo na tabela. A Espanha venceu a Croácia por 3 a 0 no primeiro confronto do grupo B, assumindo a ponta pelo saldo de gols.

Realidades opostas: a Itália entrou no jogo como atual campeã da Eurocopa, enquanto a Albânia faz somente a sua segunda participação na história da competição.

Um brasileiro de cada lado. A Azzurra tem Jorginho, destaque italiano desde a última edição, e os albaneses são comandados pelo técnico ex-Corinthians Sylvinho.

Como foi o jogo

A Albânia surpreendeu com um gol relâmpago. Com apenas 24 segundos de jogo, um vacilo do lateral Dimarco deixou Bajrami livre para converter a primeira finalização em seu primeiro toque na bola. O marcador defende atualmente o Sassuolo, da Itália, que foi rebaixado para a série B na última temporada.

Os italianos precisaram de poucos minutos para recompor o time e logo virar o resultado. Em um intervalo de 15 minutos, a vantagem já era da Azzurra com gols de Bastoni e Barella.

Com a virada, a Azzurra desacelerou mas não deixou a Albânia ganhar espaço. A estratégia resultou em uma partida morna, principalmente no segundo tempo, sem novas grandes oportunidades para nenhum dos lados.

A melhor chance de gol do 2 a 1 veio já nos minutos finais da partida com a Albânia. Donnarumma evitou o empate para frustração dos albaneses.

Gols e lances de destaque

1×0. Antes do primeiro minuto, Dimarco cobrou lateral perto do campo de defesa italiano para ninguém. Bajrami se antecipou para alcançar a bola, entrou na área e chutou forte no alto para abrir o placar.

1×1. Aos 10 minutos, Dimarco recebeu passe após cobrança curta de escanteio. O lateral alçou a bola cruzando a área e chegou até Bastoni. O zagueiro subiu para cabecear cruzado, empatando o jogo.

2×1. Aos 15, Scamacca tentou primeiro e foi travado pela defesa albanesa. A bola sobrou para Barella, que arriscou chute de trivela e acertou o canto direito do goleiro.

Na trave! Aos 33, italianos trabalharam passes rápidos perto da área e Frattesi recebeu para finalizar. O meio-campista tentou de cavadinha, e Strakosha deu um leve toque na bola que bateu na trave antes de ser afastada.

Passou perto! Já aos 45 do segundo tempo, Manaj dominou e tentou finalizar para o gol. Donnarumma defendeu de peito e a bola correu para a linha de fundo, passando muito perto da trave.

FICHA TÉCNICA

Itália 2 x 1 Albânia

Data e horário: 15 de junho 2024, às 16h (horário de Brasília)

Local: Signal Iduna Park, em Dortmund, na Alemanha

Árbitro: Felix Zwayer (ALE)

Assistentes: Stefan Lupp e Marco Achmuller (ALE)

VAR: Bastian Dankert (ALE)

Cartões amarelos: Pellegrini, Calafiori (Itália); Broja (Albânia)

Cartões vermelhos: nenhum

Gols: Bajrami (Albânia), Bastoni e Barella (Itália)

Itália: Donnarumma; Di Lorenzo, Bastoni, Calafiori e Dimarco (Darmian); Jorginho e Barella (Folorunsho); Frattesi, Pellegrini (Cristante) e Chiesa (Cambiaso); Scamacca (Retegui). Técnico: Luciano Spalletti.

Albânia: Strakosha; Hysaj, Djimsiti, Ajeti e Mitaj; Ramadani, Asllani e Bajrami (Muci); Asani (Hoxha), Seferi (Laci) e Broja (Manaj). Técnico: Sylvinho.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.