Irmã de Nicole Brown critica O.J. Simpson em novo documentário

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Um novo documentário sobre o assassinato de Nicole Brown Simpson está prestes a ser lançado para marcar os 30 anos da morte da mulher do ex-jogador de futebol americano e ator O.J. Simpson, no início do mês de junho.

Produzido pelo canal Lifetime, “The Life and Murder of Nicole Brown Simpson” traz entrevistas inéditas com as três irmãs de Nicole Brown: Denise, Dominique e Tanya Brown. “Ela era a minha melhor amiga e a única pessoa de quem eu não a pude proteger era o monstro com quem ela estava casada”, disse Denise.

No documentário, elas contam que decidiram falar agora para preservar a memória da irmã. “É importante que as pessoas conheçam melhor Nicole. Minha irmã era uma mulher doce e também forte. Era uma mãe amável com os filhos e uma amiga querida por todos”, concluiu Tanya. Simpson e Brown se casaram em 1985 e se divorciaram em 1992

O corpo de Nicole Brown está enterrado no Ascension Cemetery, em Lake Forest, Califórnia. Embora O.J. Simpson tenha sofrido uma acusação formal pelas mortes da ex-mulher e um amigo dela, Ronald Goldman. O.J. Simpson, que morreu no dia 10 de abril aos 76 anos por complicações de um câncer de próstata foi julgado logo depois do crime e absolvido.

Compartilhe:

Últimas Notícias
Editorias

Assine nossa Newsletter

Purus ut praesent facilisi dictumst sollicitudin cubilia ridiculus.