Instalador de vidro morre ao cair do oitavo andar de prédio no Morumbi, em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um instalador de 28 anos morreu nesta sexta-feira (21) após cair da sacada de um apartamento na rua Frederico Guarinon, no Jardim Ampliação, região do Morumbi, zona oeste de São Paulo.

O caso aconteceu por volta das 11h30, quando o homem, identificado como Pedro Magalhães Alves de Souza, realizava o acabamento da vidraça em um apartamento no oitavo andar de um imóvel residencial.

Além dele, um pintor trabalhava no mesmo local.

O pintor relatou aos policiais que Souza estava apoiado sobre uma escada enquanto furava a estrutura de metal do vidro. A broca da furadeira teria se rompido e feito com que o instalador se desequilibrasse.

O pintor disse que lixava uma porta e estava de costas para Souza, quando escutou um barulho. Ao se virar, conforme seu relato, ele viu o instalador pendurado no parapeito. A testemunha afirmou que tentou segurar Souza, mas não conseguiu.

O instalador caiu no parapeito do primeiro andar.

Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no endereço. Durante o socorro o instalador sofreu duas paradas cardiorrespiratórias. Um helicóptero Águia da Polícia Militar foi disponibilizado para atuar no resgate. Souza chegou a ser encaminhado por uma ambulância para o Hospital Municipal do Campo Limpo, onde morreu.

Na delegacia, o pintor disse que trabalhava por conta própria para o dono do imóvel. Ele contou que um homem esteve dias antes no local para executar a instalação das vidraças, e que Souza realizava o acabamento delas. O pintor afirmou que havia conhecido Souza naquele momento.

Segundo a testemunha, o instalador não utilizava equipamentos de proteção.

Compartilhe: